Cibersegurança
Cibersegurança
Desenv. de Software
Desenv. de Software
Inteligência Artificial
Inteligência Artificial

Como usar a IA Generativa para aprimorar sua segurança cibernética

Publicado em 
02
/
07
/
2024
Home
/
Insights
/
Blog
/
Como usar a IA Generativa para aprimorar sua segurança cibernética
Inscreva-se em nossa Newsletter
Autores

Em 2024, é impossível falarmos sobre tecnologia sem mencionar o tema da Inteligência Artificial Generativa. O assunto começou a ganhar grandes proporções quando o ChatGPT deu as caras em novembro de 2022 e foi uma das primeiras ferramentas do tipo para o grande público.

A IA Generativa é uma grande aliada para diversas tarefas do dia a dia, seja no trabalho, escola ou lazer. Porém, como qualquer tecnologia de massa, ela também é um meio para pessoas mal-intencionadas elaborarem ataques cibernéticos mais desenvolvidos.  

Só que há um contra-ataque: especialistas em cibersegurança também estão usando IA Generativa para aprimorar as defesas dos sistemas, especialmente nas empresas.  

Afinal, o que é IA Generativa?

A IA Generativa é uma das abordagens de inteligência artificial que tem a capacidade de gerar conteúdo, imagens, códigos de programação e o que mais a criatividade humana é capaz de pedir. Tudo depende do prompt, ou seja, o comando que você dá para a IA.  

Além dos usuários comuns, muitas empresas também estão usando esse poderio para aumentar a produtividade nos seus negócios. E não pense que são só empresas de tecnologia; há também companhias de saúde, infraestrutura, financeiras e muito mais utilizando essa tecnologia.

Porém, se por um lado o uso dessas ferramentas aumenta a produtividade em tarefas rotineiras, seu uso para o "lado oculto da força" está crescendo a cada segundo e trazendo preocupação global no que diz respeito à cibersegurança.

O que é Cibersegurança?

De maneira bem simplista, cibersegurança é a área da tecnologia que trata da segurança dos dados. Ela busca garantir que todas as informações da empresa ou de seus clientes sejam utilizadas apenas para uso pelas quais foram solicitadas e nada mais.

Não é de hoje que nossos dados estão "expostos" a diferentes companhias, fazendo jus à frase do matemático Clive Humby de que "os dados são o novo petróleo".  

Tanto é por isso que, no Brasil, foi aprovada a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados), cuja premissa é garantir que nossos dados não "caiam em mãos erradas".  

A cada instante ataques são orquestrados a grandes e pequenas empresas para tentar encontrar alguma vulnerabilidade e extrair dados sensíveis da empresa (ex.: fórmula que usa em seu produto, receita de gastos, dados bancários) e de seus usuários (nome, CPF, telefone, endereço, e-mail, dados bancários).

A IA Generativa x Cibersegurança

A IA generativa permite que pessoas mal-intencionadas descubram novas vulnerabilidades e melhorem métodos de ataque para quebrar os sistemas.

Até 2025, espera-se que os ataques cibernéticos causem danos anuais no valor de US$ 10,5 trilhões a empresas e governos, um aumento de quase 300% desde 2015. Isso porque os gastos anuais com segurança cibernética somam “apenas” US$ 225 bilhões, insuficientes para se defender e acompanhar a tecnologia.

A crescente proeminência de modelos sofisticados de IA Generativa é particularmente importante para ataques de phishing – que consiste em criar sites ou e-mails falsos para obter ilegalmente informações sensíveis – e baseados em engenharia social.

Funciona assim: a IAs generativas podem absorver informações, sejam notícias e atualizações em tempo real ou informações de identificação pessoal, e gerar links maliciosos, e-mails e sites falsos que parecem cada vez mais realistas.

Em 2022, o líder em segurança na nuvem, Zscaler, relatou um aumento de 47% nos ataques de phishing orquestrados por IA.

Além disso, ao contrário dos hackers humanos, as IAs estão disponíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana e podem ser projetadas para monitorar vulnerabilidades em ativos digitais, como sites e sistemas.

Mas a IA Generativa pode ser uma aliada

Mas aí vem o outro lado da tecnologia: a IA generativa também está sendo usada para o bem!  

Profissionais de cibersegurança estão utilizando-a para construir defesas mais eficazes. Os principais fornecedores de cibersegurança estão desenvolvendo rapidamente ferramentas baseadas em IA para aprimorar os analistas humanos, automatizar operações de segurança e detectar anomalias.

A IA é muito mais eficiente para detectar anomalias, examinando o tráfego corporativo em busca de desvios da norma e revelando esses padrões rapidamente aos tomadores de decisão.

Estas ferramentas podem ser particularmente eficazes para empresas tecnologicamente menos sofisticadas e empresas com equipes pequenas.

A IA também pode ajudar em alertas de segurança cibernética, violações e registrar dados em linguagem simples para que os engenheiros possam se atualizar sobre problemas de TI.  

Com uma elevada escassez de pessoas em empregos cibernéticos, estes sistemas simples podem aumentar significativamente a produtividade. As organizações também podem usar IA para realizar testes de penetração (do inglês pentest) e criar cenários que tentem violar sistemas corporativos para determinar pontos fracos nas redes.

Inovações das empresas de tecnologia

Tela do Security Copilot
O Security for Copilot, da Microsoft, permite perguntas, avaliação de ameaças e mais (Reprodução/Microsoft)

A indústria está respondendo rapidamente a esta procura dinâmica induzida pela IA. Em 2023, a CrowdStrike, líder em segurança de endpoint, lançou o Charlotte AI, que foi projetado para atuar como um analista de segurança de baixo nível que pode realizar operações mundanas.  

O sistema apresenta um ciclo de feedback restrito que inclui insights de operadores humanos, detectores de intrusão e equipes de resposta a incidentes. O sistema também melhora a inteligência que o CrowdStrike rastreia em mais de 200%, aprendendo táticas e técnicas de violação cada vez mais sofisticadas.

Os grandes fornecedores de nuvem também procuram expandir sua participação no mercado de segurança cibernética usando IA.  O Microsoft Security for Copilot permitirá que profissionais de segurança e TI façam perguntas, avaliem ameaças, escrevam códigos e ajudem nas operações de segurança e defesa.  

O modelo que o alimenta foi aprimorado em mais de 78 trilhões de sinais de segurança que a Microsoft processa diariamente. Espera-se que a plataforma torne profissionais de segurança experientes 22% mais rápidos e quase 7% mais precisos em análises.

No ano passado, o Google integrou IA generativa em sua plataforma de inteligência contra ameaças e operações de segurança cibernética. A empresa combinará suas ofertas de inteligência cibernética Mandiant e sua plataforma de operações de segurança Chronicle com suas soluções de infraestrutura Vertex AI para criar um sistema de IA chamado Sec-PaLM, que formará o núcleo de suas ofertas de segurança baseadas em IA.  

Conclusão

A inteligência artificial generativa está revolucionando a segurança cibernética, criando novos desafios e oportunidades para empresas de todos os portes. Ao investir em ferramentas e soluções baseadas em IA, as empresas podem se proteger contra as ameaças cibernéticas mais recentes e garantir a segurança de seus dados e sistemas.

O Venturus tem uma equipe preparada para atender às demandas do mercado e as necessidades dos seus clientes de maneira otimizada, ao agregar ainda mais valor para seu produto ou serviço.

Dessa forma, somos o parceiro ideal para as organizações que desejam manter suas atividades em constante funcionamento e sem imprevistos indesejados, garantindo a proteção de seus dados de maneira eficiente. Fale com nossos especialistas e entenda como o Venturus pode ajudar o seu negócio!

Posts relacionados

Outros artigos sobre o mesmo tema que talvez você goste.

Ver todos os posts
Cibersegurança: por onde começar?
Cibersegurança

Cibersegurança: por onde começar?

Ter uma estratégia de cibersegurança é primordial atualmente, mas por onde começar? A gente te ajuda!
Ler mais
Qual é o seu plano de cibersegurança?
Cibersegurança

Qual é o seu plano de cibersegurança?

Saiba o que é importante para criar um plano efetivo de cibersegurança na sua empresa. Confira aqui!
Ler mais
Ver todos os posts

Entre em contato e um dos
nossos especialistas
irá atendê-lo:

Por favor, insira um email corporativo
Como prefere ser contatado?*

O Venturus precisa que nos forneça as suas informações de contato para falarmos melhor sobre nossos produtos e serviços. Ao informar seus dados, você estará ciente das diretrizes da nossa Política de Privacidade.

Obrigado! Sua mensagem foi recebida!
Ops! Algo deu errado com o envio da sua mensagem.
Venturus - Campinas / SP - Brasil
Estrada Giuseppina Vianelli di Napolli, nº 1.185
Condomínio GlobalTech Campinas
Polo II de Alta Tecnologia
CEP 13086-530
Venturus - Atlanta / GA - EUA
1201 Peachtree Street NE,
Floors 1, 2 and 3,
Atlanta, Georgia
ZIP Code 30361
Itriad - Manaus / AM - Brasil
Rua Salvador, nº 440
Adrianopólis
CEP 69057-040